domingo, 8 de janeiro de 2017

Macarons com quatro recheios


Quatro recheios: café com praliné (crocante de frutos secos), mirtilos, vagem de baunilha e lima





Pronto para oferta

MACARONS 


125g de farinha de amêndoa
125g de açúcar em pó
125g de açúcar normal
90g de claras envelhecidas à temperatura ambiente (separe-as das gemas 1 ou 2 dias antes e guarde no frigorífico, ou use congeladas – desta forma perdem excesso de humidade)
Baunilha a gosto

Prepare o “tant pour tant”: Junte a amêndoa em pó com o açúcar em pó – e peneire para uma taça – use uma peneira não muito fina. Alguns pedaços maiores que fiquem na peneira devem ser descartados. Repita duas vezes, para que a mistura fique homogénea. Reserve.

Prepare o merengue: Numa panela coloque o açúcar e as claras, sempre a mexer até dissolver o açúcar. Se tiver termómetro, até atingir os 65º. Leve à batedeira até obter picos firmes. Adicionar o corante em gel e a baunilha. Junte a mistura de amêndoa e açúcar em pó, de uma só vez, ao merengue. Envolva delicadamente em movimentos circulares, de cima para baixo, sem pressas e rodando a taça. Faça também alguns movimentos rectos do centro para as laterais, para agarrar toda a mistura seca que esteja na base e continue a envolver em movimentos circulares.
A massa está no ponto quando escorrer da espátula tipo lava, ou seja, nem fica toda presa, nem escorre rapidamente.

Coloque o bico liso no saco de pasteleiro e encha o saco. Aperte bem para compactar a massa e retirar o ar. Num tabuleiro sem laterais (ou de laterais baixas, como o do forno) coloque uma folha de teflon antiaderente. Segure o saco de pasteleiro na vertical e faça montinhos de massa de cerca de 3,5cm, com um espaço de cerca de 2cm entre eles. No final bata com o tabuleiro sobre a bancada para soltar as bolhas de ar que a massa possa ter.
Deixe a massa repousar num local seco – se necessário coloque noutra divisão, como o quarto, já que a cozinha é uma divisão mais húmida. O tempo de repouso varia. Pode ser meia hora, pode ser uma hora.
Os macarons estão prontos quando, ao tocar com o dedo na massa, ela não cola – fica com uma capa macia e elástica. Leve-os a forno pré-aquecido (melhor se for ventilado!) na posição do meio, a 120º/130º durante 15 minutos – como cada forno tem a sua personalidade, terá de encontrar o ponto certo do seu, tanto na temperatura como no tempo. Quando isso acontecer, não deverá ter mais problemas.
Retire do forno, deixe-os arrefecer um pouco e coloque a folha de teflon sobre um pano frio molhado. Desta forma os macarons vão descolar-se com facilidade. Ajude com uma espátula, sem pressas. Depois de frios, recheie os macarons com o recheio da sua preferência. Deve ser um recheio denso para não escorrer. Coloque-os num recipiente com tampa no frigorífico, de preferência de um dia para o outro. Retire-os antecipadamente antes de servir para que possam regressar à temperatura ambiente e guarde sempre o que sobrar no frio.
 A textura correcta do macaron é: crocante por fora e húmido por dentro.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Bombons de coco, praliné (crocante de frutos secos) e noz

O pedido foi: quero bombons daqueles com a noz dentro, outros com praliné 
e chocolate branco com coco...


Praliné by Bimby! 


O praliné é das coisas mais fáceis e deliciosas que se podem fazer. Acompanhamento perfeito do chocolate é um dos mais famosos recheios de bombons. Útil em muitas receitas, é delicioso polvilhado sobre gelados, crepes ou fruta.

Usei: 
100g de amêndoas
100g de avelãs
100g de nozes
250g de açúcar branco

Fiz assim: 
Numa frigideira funda e anti-aderente, juntar todos os ingredientes e levar ao lume, até o açúcar começar a caramelizar.
Envolver bem os frutos no caramelo e retirar de imediato para não avançar na cozedura. Deitar o preparado sobre um tapete de silicone ou na bancada untada com um pouco de óleo e deixar arrefecer.
Com uma faca de lâmina larga ou com um cutelo de cozinha, partir o praliné em pedaços. Colocar aos pedaços na Bimby e moer 4 seg./vel. 6.
Não convém colocar tudo duma vez, senão a máquina mói uns demais e ficam outros pedaços demasiado grandes.

Notas: O praliné pode ser feito com qualquer fruto seco. Uso os frutos com pele e não há necessidade de os torrar no forno antes de levar ao lume com o açúcar, pois a temperatura elevada deste ao atingir o ponto de caramelo confere ao fruto o aroma torrado.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Bolo de cenoura com amêndoas e gengibre by Bimby, já se sabe!

Depois das festas de Natal e Ano Novo, está tudo enjoado de doces e aniversariante sofre... Então há que escolher um bolo pouco doce, pois dia de aniversário não deve nem pode ficar em branco!


Bolo de cenoura com amêndoas e gengibre 


Ingredientes
250 g de cenouras
250 g de farinha
150 g de manteiga
170 g de açúcar
100 g de amêndoa laminada
10 g de gengibre fresco
4 ovos
1 colher (chá) de fermento em pó

 Modo de Preparação 
Ligue o forno a 180ºC, unte uma forma de abrir (nº 20) e forre-a com papel vegetal. Descasque e lave as cenouras, corte-as em pedaços, deite-os no copo, junte a manteiga, o açúcar, os ovos e o gengibre descascado e ligue 1 m./ progressivamente nas vel. 6, 7 e 8.


Adicione o fermento e a farinha e ligue 30 seg./vel. 6. Verta para a forma, polvilhe com a amêndoa laminada e leve ao forno durante 40 minutos.


Retire o bolo do forno, desenforme-o, deixe-o arrefecer e sirva-o polvilhado com açúcar em pó.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

BOLACHAS DE GENGIBRE by Bimby

Com o novo trimestre escolar a começar, é preciso ter o stock de bolachas em dia. Mais uma vez as de gengibre, cá em casa tem apreciadores ferrenhos!


BOLACHAS DE GENGIBRE 


 Ingredientes: 

350 gr de farinha
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
2 colheres de chá de gengibre em pó
1 colher de chá de canela
¼ de colher de noz moscada
1 pitada de sal
125 gr de manteiga sem sal
175 gr. de açúcar mascavado
1 ovo
2 colheres de sopa de melaço de cana

 Misture farinha com o bicarbonato, as especiarias e o sal 15 seg./vel 3. Junte o açúcar e a manteiga, o ovo, o melaço e misture 1 m./vel 4. Meta a espátula para ajudar a misturar bem os ingredientes e se for preciso dê mais 1 min.
Coloque num prato e deixe no frigorífico 30m. Aqueça o forno a 180º, estenda a massa e corte com os cortadores de bonecos de gengibre. Estendidas bem fininhas, bastam 8 m de forno.

domingo, 1 de janeiro de 2017

Terminando e iniciando o ano com coisas boas: pudim do Abade de Priscos e pão da Susy





Pudim do abade de Priscos








O pudim abade de Priscos é um pudim típico de Braga, Portugal sendo uma das poucas receitas que o abade de Priscos transmitiu para o público. Explicação e receitinha aqui: http://docescomcarinho.blogspot.pt/2016/12/pudim-do-abade-priscos.html









Pão da Suzy (Bimbólica) 


500 gr farinha tipo 65
1 colher de chá açúcar
25 gr fermento fresco
330 gr água
1 1/2 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de azeite

Preparação: 
Deite a água, açúcar e o fermento 2 min/37º/ vel 3. Junte a farinha, sal, azeite e programe 5 min/vel espiga. Se a massa ainda estiver muito pegajosa deite mais um pouco de farinha e programe mais alguns segundos na vel. espiga. Retire para um balcão com farinha, molde os pães ao seu gosto com as mãos enfarinhadas.
Leve ao forno 220º (sem ser pré-aquecido e sem ventoinha) por cerca de 25 min. O pão leveda enquanto o forno aquece. No total este pão leva 32 minutos a ficar pronto!

sábado, 31 de dezembro de 2016

Papos de anjo e rabanadas - repondo a doçaria de Natal

Com tanta gente a comer a doçaria de Natal, foi preciso repor para a noite de fim de ano


PAPOS DE ANJO 

9 gemas + 1 ovo

Como faço: 
Batem-se as gemas até ficarem esbranquiçadas. Na batedeira leva mais ou menos 20m.
Deita-se em  formas de queques muito bem untadas e bem cheias, pois não crescem.
Cozem em banho-maria (20 m) no forno a 170º durante 20m.

Prepara-se uma calda de açúcar a 32º (ferve 3m.), deixa-se arrefecer um pouco e deita-se por cima dos papos de anjo que devem estar acamados onde vão servidos.

Calda de açúcar: 
500g de açúcar
250g de água
casca de limão e de laranja
pau de canela
licor a gosto

500 gr de açúcar misturado com 250 gr de água, um pau de canela, casca de limão e de laranja.
Leva-se ao lume a ferver exactamente 3 minutos e no fim aromatiza-se com licor a gosto.

Pessoalmente uso sempre licor Triple Sec, que é um licor nacional da Anadia fabricado sob base principal da tripla rectificação de finíssimas laranjas e flor de laranjeira.







Rabanadas. Eram mais, quase que nem dava para tirar a foto...

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Bombons de chocolate de leite com recheio de chocolate belga e praliné


Um pedido de última hora







Chocolate de leite






Recheio de chocolate belga e praliné (crocante de frutos secos)







Praliné by Bimby! 


O praliné é das coisas mais fáceis e deliciosas que se podem fazer. Acompanhamento perfeito do chocolate é um dos mais famosos recheios de bombons. Útil em muitas receitas, é delicioso polvilhado sobre gelados, crepes ou fruta.

Usei: 
100g de amêndoas
100g de avelãs
100g de nozes
250g de açúcar branco

 Fiz assim:
Numa frigideira funda e anti-aderente, juntar todos os ingredientes e levar ao lume, mexendo de vez em quando até o açúcar começar a caramelizar. Envolver bem os frutos no caramelo e retirar de imediato para não avançar na cozedura. Deitar o preparado sobre um tapete de silicone ou na bancada untada com um pouco de óleo, e deixar arrefecer. Com uma faca de lâmina larga ou com um cutelo de cozinha, partir o praliné em pedaços. Colocar aos pedaços na Bimby e moer 4 seg. vel. 6. Não convém colocar tudo duma vez, senão a máquina mói uns demais e ficam outros pedaços demasiado grandes.

Notas: O praliné pode ser feito com qualquer fruto seco. Uso os frutos com pele e não há necessidade de os torrar no forno antes de levar ao lume com o açúcar, pois a temperatura elevada deste ao atingir o ponto de caramelo confere ao fruto o aroma torrado.