segunda-feira, 25 de julho de 2011

Passo a passo: fazer rosas

Muitas vezes me pedem que explique como se fazem as rosinhas que enfeitam os meus bolos. Não consigo fazer uma explicação sem as imagens e então aqui vai um passo a passo.   Material necessário: pasta de açúcar, um rolo para estender a pasta, um cortador redondo e um saco de plástico pequeno.                        

Depois de cortados os círculos (que se podem fazer também sem cortador, foi assim que aprendi com o chef Luís Francisco), coloca-se o saco de plástico em cima e com o rolo estica-se a pasta em forma oval. Deste modo a pasta fica bem fininha.
Em seguida, pegam-se em dois pedaços que colocamos em forma de coração. Serve para fazer o centro da rosa.





Depois, vamos enrolando cada pétala à volta do centro, sempre apertando em baixo, para a pasta colar sozinha.
Dá-se um jeito nas pétalas para fora, procurando dar um ar natural. Vão-se enrolando as pétalas sempre em oposição da última colocada.
Em geral, seis ou sete pétalas é suficiente.

Depois da rosa pronta, faz-se uma pressão na parte de baixo da mesma e a pasta começa a afinar.
Pega-se numa tesoura, corta-se o excedente e põe-se a rosa a secar sem lhe tocar. Em geral, ao fim de uma hora a flor está seca e pronta a usar.
As rosinhas são muito usadas na decoração de bolos, por isso é bom ter sempre algumas prontas.
Eu uso a pasta tal como ela vem na embalagem, sem juntar cmc nem pasta de flores.
Espero ter ajudado, mas qualquer dificuldade é só enviarem um mail e prometo que respondo.